Social
12/08/2022

A Juventude Salesiana discípula e missionária em meio ao Povo de Deus

Nem mesmo as estradas mais íngremes impediram que as 12 terras de missão fossem coloridas pelos tons da Juventude Salesiana que, com entusiasmo e dinamismo, transformaram as 20 capelas visitadas em verdadeiros oratórios. Os números desta edição, que marca o retorno da atividade após dois anos de paralisação, devido a pandemia de Covid-19, manifestam a grandiosidade do evento, que contou com a participação de 816 missionários, dentre eles:  605 jovens, 137 assessores leigos, 25 religiosos salesianos e 29 salesianos em formação.
A Semana Missionária da Inspetoria de “Nossa Senhora Auxiliadora” deste ano ocorreu entre os dias 16 e 24 de julho, nas cidades paulistas de Águas de Prata, Aparecida, São José dos Campos, Guararema, Barrinha, Tatuí, Ipeúna, São Carlos, Santo Antônio do Jardim, Rio Claro e Americana, além do município mineiro de Itanhandu. O grupo do Colégio de Americana realizou a atividade de 9 a 17 de julho. 

Os grupos seguiram o Roteiro de Missão inspirado no Evangelista Marcos.

O material, dividido em seis encontros, incluiu cantos, leituras bíblicas e dinâmicas com temas como: a formação dos primeiros discípulos missionários, vida, cotidiano e segmentos de Jesus. 

Durante a apresentação do roteiro missionário, o P. Rafael Galvão SDB, Responsável Inspetorial da Animação Missionária, comentou que não se trata apenas de um trabalho de uma semana, mas de “um momento de entrega a experiência evangelizadora de Jesus e de seus discípulos. É um convite real de sair da zona de conforto e ir ao encontro do outro”.

Ainda conforme o responsável, ao levar o Evangelho e a Boa Notícia, os missionários também fazem a experiência do encontro com o próprio Cristo, presente em cada lar, em cada história, em cada criança, em cada jovem e têm a oportunidade de fortalecer a escolha de viver em plenitude com Deus, de acordo com o estilo salesiano de Dom Bosco.

Compartilhe