Social
10/03/2022

O Retorno às Atividades nas Obras Sociais Salesianas

O ano de 2022 começou e, a partir de fevereiro, tem início o processo de retorno às atividades nas Obras Sociais Salesianas do Brasil. Com o caminhar da vacinação e o vislumbre da chegada cada vez mais próxima do momento de pós-pandemia, as obras se preparam para receber seus atendidos e atendidas com toda a atenção aos cuidados exigidos pelos órgãos de saúde para combate à contaminação pela COVID-19 e suas variantes, proporcionando um ambiente seguro tanto para suas equipes, quanto para os atendidos, atendidas e seus familiares.

 

Seja com atividades presenciais ou híbridas, as Obras Sociais Salesianas de todo o Brasil se mobilizam para que o único contágio seja da alegria presente no carisma salesiano. Assim, confira como foi o período de retorno às atividades pelo país:

 

 Cidade Dom Bosco, Corumbá (MS) 

 

Na última segunda-feira (14), na obra social salesiana Cidade Dom Bosco, em Corumbá (MS), o Programa Crianças e Adolescentes Felizes retornou com as atividades. Os mais de 200 atendidos e atendidas foram divididos em dois períodos. O "PCAF" - como é conhecido na cidade -, é a oportunidade para muitos educandos e educandas aprenderem e aperfeiçoarem suas ideias através das oficinas ofertadas. Os educadores acolheram as crianças e adolescentes através das atividades de teatro, educomunicação, artes, libras e música. Além disso, são realizados cursos profissionalizantes para os adolescentes que buscam o primeiro emprego formal.

 

  

 

 

 Centro Juvenil São João Batista, Poxoréu (MT) 

 

O Centro Juvenil São João Batista, em Poxoréu (MT), retornou às atividades sócio educativas do Projeto Torcida pela Vida - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) com as oficinas esportivas e culturais: Futebol, Futsal, dança, balé, artesanato Lúdico e Artes Cênicas, nos períodos matutino e vespertino, seguindo todas as normas de biossegurança que o momento requer. Este ano, o retorno foi marcado com o lançamento da campanha “Mochila Solidária", uma parceria com o Projeto Mão Amiga do Vereador Flávio Jorge da Silva que incentivou a doação de mochilas e materiais escolares. Além das doações, foram recebidos muitos livrinhos de histórias infantis e gibis que beneficiaram muitos atendidos e atendidas.

 

  

 

 Centro Juvenil Dom Bosco, Belo Horizonte (MG) 

 

O Centro Juvenil Dom Bosco (CJDB), em Belo Horizonte (MG), retornou às atividades presenciais na última terça-feira (01) no aglomerado Cabana do Pai Tomás. Os adolescentes acima de 12 anos foram recebidos com muito entusiasmo e carisma salesiano pela equipe pedagógica da obra social. "Estou achando muito legal o retorno das atividades aqui no Centro Juvenil. Senti falta de jogar futebol na quadra e de mexer no computador nas oficinas. A educomunicação e meus amigos também fizeram muita falta, o momento do pátio é muito bom pois posso conversar e brincar". J.V. 12 anos, educando do CJDB há 2 anos.

 

 

 

 Centro Juvenil Dom Bosco (CJDB), Matriz de Camaragibe (AL) 

 

Na tarde desta quarta-feira (09), o Diretor do Centro Juvenil Dom Bosco (CJDB), em Matriz de Camaragibe (AL), Pe. José Geraldo de Albuquerque, deu início às atividades do Oratório Diário, mostrando as melhorias do espaço, comunicando os dias e horários em que o Oratório estará funcionando por conta da pandemia e a dinâmica de apoio entre AJS, voluntários e funcionários do CJDB durante as atividades da obra. Pe. Leoni José, sdb, pároco da cidade, foi convidado a dar o “Boa tarde” e enfatizou que o CJDB é a “casa que acolhe, escola que educa, paróquia que evangeliza e pátio onde todos se encontram como amigos”.

 

A Articulação da Juventude Salesiana (AJS) ficou responsável pela animação dos momentos com músicas, danças e algumas brincadeiras. Já os voluntários do CJDB organizaram brincadeiras (dentro e fora do salão de jogos) e toda a parte esportiva. Ao final da tarde, foi servido um lanche para as crianças, jovens e adolescentes presentes na obra social.

 

  

 

 Oratório Salesiano São José, Natal (RN) 

 

No sábado (05), após algumas reuniões com ex-alunos, ex-alunas, colaboradores, colaboradoras e membros da ADMA, foi reaberto o Oratório Salesiano São José com o intuito de promover um ambiente educativo, por meio do carisma salesiano, a partir dos fundamentos da experiência oratoriana: acolhida e evangelização. Além de beneficiar crianças e adolescentes, o Oratório visa favorecer, especialmente os alunos e ex-alunos na vivência do voluntariado salesiano, como forma de prática da caridade cristã e de responsabilidade social. A tarde de abertura foi marcada por momentos de espiritualidade, danças, esportes, brincadeiras e um saboroso lanche com as crianças da comunidade do Passo da Pátria.

 

 

 

 

 Centro Juvenil Dom Bosco, Palmas (TO) 

 

Aconteceu na última segunda-feira (14) a abertura das atividades educativas pastorais no Centro Juvenil Dom Bosco, em Palmas (TO). A ocasião contou com um dia festivo, no qual Pe. Antídio de Andrade iniciou a acolhida recebendo os educandos e apresentando-lhes a Equipe da Comunidade Educativa Pastoral (CEP). Foi enfatizada a acolhida e presença do S. Hudson Campos que compõe a CEP como Coordenador de Pastoral Juvenil e Vocacional. Logo em seguida, deu-se início a um momento de espiritualidade conduzido com dinâmicas e orações pelo Tirocinante S. Hudson. 

 

Houve um momento para orientações sobre os cuidados perante ao cenário de COVID-19 e, em seguida, Pe. Rogério Calvi conduziu uma apresentação de mágicas. Os educandos também puderam contar com um lanche festivo, além de brincadeiras no poliesportivo e Quiz sobre a vida de Dom Bosco premiando os participantes com guloseimas.

O Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco conta, neste ano, com três projetos sociais: “Bom de Bola e Bom na Escola”, “Meio Ambiente: Cuidado com a Casa Comum” que já estão em andamento e, em breve, a obra contará ainda com a inovação do projeto “Saleconect: Iniciação ao Mundo do Trabalho por meio da Tecnologia”, a fim de contribuir na formação integral das crianças e adolescentes atendidos.

 

 

 

 Centro Educacional Dom Bosco, Jaboatão dos Guararapes (PE) 

 

O Centro Educacional Dom Bosco, em Jaboatão dos Guararapes (PE), inicia mais um ciclo de atendimento no projeto AdministrAção, Cultura, Cidadania e Paz, curso de assistente administrativo para pessoas entre 15 e 21 anos, e projeto InformaticAção, curso de informática para o trabalho para pessoas de 18 a 60 anos. Juntos, pretendem impactar cerca de 200 beneficiários diretos com bolsas de estudo de 100%. Para o Curso de Assistente Administrativo, foi firmada uma parceria de investimento com o Instituto Nelson Wilians (INW) e com o Instituto Alair Martins (IAMAR). Todos os alunos contemplados com a bolsa de estudos, nos dois cursos, terão a oportunidade de, junto a parceria da Rede Salesiana Brasil com o Facebook (META), através do seu Setor de Políticas Públicas e Programas, adquirir a certificação dos cursos oferecidos pela plataforma do Cidadão Digital. Serão ofertados gratuitamente alguns programas de impacto social com os quais o Facebook já trabalha, como a Aliança Empreendedora e a Safernet para disponibilizar seus projetos e programas à juventude atendida, fomentando a formação de adolescentes e jovens para os desafios do mundo atual.

 

  

 

 Centro Salesiano do Menor (CESAM), em Goiânia (GO) 

 

Após o vencimento do prazo para o retorno presencial estabelecido pela Portaria 1.019 de 29 de dezembro de 2021 e decisão institucional, aconteceu, o retorno à Aprendizagem Presencial no Centro Salesiano do Menor (CESAM), em Goiânia (GO). Assim, mais uma vez, o CESAM/GO, com muito zelo, preparou a casa para que os jovens fossem recebidos de forma segura e acolhedora. Dentre as estratégias adotadas: disposição de álcool em toda unidade, identificação visual para distanciamento das cadeiras nos Espaços de Convivência, adesivos de conscientização para higienização das mãos e uso de máscaras, disposição de termômetro para aferição de temperatura corporal, limpezas periódicas de maçanetas, higienização dos espaços de convivência entre os atendimentos. “O retorno após a pandemia foi difícil, porém necessário. As relações mudaram, assim como a forma de se comunicar também, e até mesmo as mais simples atividades que antes eram rotineiras se tornaram estranhas para os que retornaram após dois anos de isolamento. Entretanto, dentro do CESAM há muito acolhimento e carinho com os aprendizes. Portanto, retornar para este ambiente não foi difícil, pois, aqui há muita responsabilidade e respeito”, afirma Nara Gabriela, Jovem Aprendiz do Módulo Integração.

 

Sabia que você pode contribuir com as ações das obras sociais salesianas pelo Brasil sem sair de casa? Acesse o Site da União Pela Vida (UPV) ou baixe o aplicativo da UPV disponível para Android e iOS.

 

Fonte: Uma colaboração das Assessorias de Comunicação das Instituições citadas

 

 

Compartilhe