28/06/2024

“Do sonho à realidade: rumo a uma presença plena”

“Do sonho à realidade: rumo a uma presença plena”
Foto: Divulgação

Nos dias 26 e 27 de junho, em formato totalmente on-line pela plataforma Zoom, a Rede Salesiana Brasil (RSB) promoveu o II Encontro Nacional de Comunicação (ENAC). Este ano, o evento trouxe o tema “Do sonho à realidade: rumo a uma presença plena” e alcançou mais de 400 inscritos, entre Comunicadores, Gestores e Educadores de todas as presenças da RSB.

Com o objetivo de potencializar os espaços de formação, interação, debates, partilhas e construção colaborativa de propostas que contribuam para a inovação nos processos (edu)comunicacionais da ação educativa em Rede, o II ENAC contou com a colaboração do Comitê de Coordenadores Inspetoriais de Comunicação da RSB na organização e realização, além do apoio do Centro Salesiano de Formação (CSF).

Na manhã do primeiro dia, contou com a Coordenadora Inspetorial de Comunicação da Inspetoria Nossa Senhora da Amazônia, Ir. Luzinete Freitas, animou e conduziu a Oração Inicial. Logo em seguida, os Inspetores Referentes da Comunicação, Ir. Maria Carmelita de Lima Conceição e Pe. Francisco Inácio Vieira Júnior, deram as boas-vindas aos participantes, abrindo oficialmente o II ENAC e trazendo uma rica reflexão sobre o Sonho dos 9 anos de Dom Bosco que também norteia o tema principal do evento.

“Falar de sonho é sempre muito bom, alimenta a nossa esperança, o otimismo. Esse sonho de Dom Bosco é mais lindo ainda porque nos fala da experiência da sua vida [...]. “Um Sonho que faz sonhar” foi o tema da Estreia deste ano, sonhar um mundo melhor, mais fraterno e solidário”, disse Ir. Carmelita. “O tema do sonho nos instiga muito, a todos nós que procuramos fazer na nossa vida do sonho de Dom Bosco também o nosso sonho. Uma das frases que Dom Bosco escuta de Nossa Senhora no sonho [...] é: ‘Eis o teu campo’. Sem dúvida o campo da ação, toda essa frente de missão que é a Comunicação, é um novo campo para a missão salesiana. Na verdade, o foi desde o início, desde de Dom Bosco, e é preciso dar cada vez mais identidade salesiana à nossa Comunicação”, concluiu Pe. Francisco Inácio.

Dando continuidade às primeiras ações da manhã, a Coordenadora Nacional da Comunicação da RSB, Ir. Maike Loes, protagonizou a contextualização do encontro, retomando a dinâmica e o tema do I ENAC, ocorrido em maio de 2023. “Naquela ocasião, lembro que nós definimos o I ENAC como um encontro inédito porque [...] foi uma proposta formativa oferecida para todas as equipes com quem compartilhamos o carisma salesiano, a missão no dia a dia. Não foi um encontro exclusivo para comunicadores, assim como hoje”, disse Ir. Maike.

A primeira palestra do dia trouxe o tema “O sonho dos 9 anos de Dom Bosco: entre carisma, comunicação e missão”, proferida pelo Decano e Professor da Faculdade de Ciências da Comunicação Social da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), de Roma (Itália), Pe. Fabio Pasqualetti.

Em sua palestra, Pe. Fabio se deteve nos motivos que levaram Dom Bosco a redigir, em forma de testamento, o Sonho dos 9 anos e nos estudos posteriores, realizados justamente para entender os ensinamentos que estão por trás da grande narrativa do sonho.

Com o Sonho dos 9 anos, ficam evidentes o campo de ação de Dom Bosco, o objetivo da sua ação apostólica e o método educativo: o Sistema Preventivo. Por meio de um percurso histórico, Pe. Fabio mostrou que “tudo mudou” na sociedade, mas o sonho de Dom Bosco e o Oratório continuam sendo atuais e sendo resposta na educação das novas gerações.

Vale destacar que, para as participações internacionais do evento, o ENAC 2024 contou com traduções simultâneas de italiano e espanhol.

Após o intervalo, os Coordenadores Inspetorias de Comunicação das Inspetorias Santo Afonso Maria de Ligório e Madre Mazzarello, respectivamente Euclides Fernandes e Cícero Gabriel Albuquerque Soares, conduziram um momento de interação com os participantes do evento por meio do Painel Virtual, onde cada um podia compartilhar suas respostas às perguntas propostas, bem como registrar sua participação com fotos e mensagens.

Na segunda palestra do dia, as Coordenadoras Nacionais das áreas programáticas da RSB, Ir. Lucia Jacinta Finassi, Carolina Neves de Oliveira e Ir. Maike Loes, deram sua contribuição sobre o tema “A concretização do sonho dos 9 anos nas presenças da Rede Salesiana Brasil”, segundo a perspectiva da Escola, da Obra Social e da Comunicação, além de oferecer um panorama das ações de cada área.

O momento de ressonâncias e perguntas do primeiro dia também foi conduzido pelos Coordenadores Inspetorias de Comunicação, Euclides Fernandes e Cícero Albuquerque.

O encerramento dos trabalhos foi coordenado por Ir. Maike Loes que compartilhou o primeiro ponto do “Manifesto às Juventudes”, documento elaborado no Encontro Nacional da RSB (Aparecida/SP 2023), recordando o compromisso de “habitar e resgatar a experiência do pátio em suas diversas manifestações, onde se encontram as juventudes, a exemplo das redes sociais...”. Fazendo memória deste compromisso, convidou os participantes para o segundo dia do ENAC destinado à reflexão sobre o tema “Habitar as redes sociais salesianamente”.

 

RUMO À PRESENÇA PLENA: ENCONTRAR OS JOVENS 

O segundo dia do Encontro Nacional da Comunicação teve início com a Oração protagonizada pelo Coordenador de Comunicação da Inspetoria São Domingos Sávio, Pe. Francisco Alves de Lima. A abertura oficial dos trabalhos foi comandada pelos Diretores Executivos da RSB, Ir. Silvia A. da Silva e Pe. Sérgio Augusto Baldin Júnior.

Em sua fala, Ir. Silvia retomou o primeiro compromisso do “Manifesto às Juventudes”, reforçando o comprometimento da missão salesiana em estar onde os jovens estão.

“Habitar as redes sociais também é um compromisso assumido por nós. Nós não podemos negar esse pátio, mas assim como para estarmos no pátio da escola, da obra social, da universidade, da paróquia, das periferias, precisamos estar preparados e preparadas, qualificados e qualificadas para estarmos nos pátios das redes sociais também”, comentou Ir. Silvia. “Hoje se torna fundamental para nós conhecermos os mecanismos de comunicação, os processos, as narrativas que são construídas a partir também de todo esse espaço do território virtual, lembrando que ele faz parte do cotidiano e não há uma distinção entre realidade e virtualidade nesse horizonte da comunicação social, da comunicação popular, mas é toda uma realidade própria de todo o conjunto da vida humana e de tudo aquilo que nós somos chamados a viver como comunidade, como sociedade e, particularmente hoje, como missão salesiana”, concluiu Pe. Sérgio.

A primeira palestra do segundo dia trouxe o tema “O continente digital, um jogo em que se ganha amigos com gentileza e caridade”, e foi ministrada pela Responsável de Comunicação da Congregação das Irmãs da Assunção (Espanha), Ir. Mercedes Méndez Siliuto.

Ir. Mercedes, em sua palestra, trouxe aspectos referentes ao Sistema Preventivo e ao estilo de educar e evangelizar de Dom Bosco. Ressaltou expressões do Sonho dos 9 anos e comentou a mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações (2024), associando-a ao tema da sabedoria do coração. Indicou também a beleza-bondade-verdade como critérios para ser presença de qualidade nas redes sociais e para que a educomunicação seja eficaz. Concluiu sua palestra com um convite: “Fundemos casas no continente digital, não presenças isoladas, mas um ‘nós salesiano’. Educadores e educandos, juntos, isso é realmente ser presença salesiana no continente digital”.

Após o intervalo, a segunda palestra, protagonizada pelo Secretário do Dicastério para a Comunicação do Vaticano, Pe. Lucio Adrian Ruiz, trouxe o tema “O digital, de instrumento a cultura: um desafio para a Igreja. Uma visão a partir de ‘Uma presença plena’".

Pe. Lucio apresentou um percurso histórico da visão da Igreja a respeito dos meios de comunicação social, destacando que os mesmos não são meramente instrumentos, mas uma cultura a ser evangelizada. Destacou temas como a inculturação, a dinâmica missionária da Igreja, a presença da Igreja no continente digital.

Responsável pela redação do documento “Rumo à presença plena. Uma reflexão pastoral sobre a participação nas redes sociais”, Pe. Lucio insistiu muito na necessidade de “passar da tecnologia ao querigma, ao primeiro anúncio, porque a tecnologia é atividade, enquanto que o querigma é a essência”, já que “a cultura digital é um espaço de evangelização e de missão”.

Logo em seguida, o integrante da Comissão Nacional da Pastoral Juvenil Salesiana, Pe. Raimundo Marcelo Maciel, trouxe algumas ressonâncias sobre os temas abordados a partir do olhar da Pastoral, destacando a sua experiência com o povo Yanomami e a chegada da Internet na missão indígena de Maturacá, distrito de S. Gabriel da Cachoeira (AM). O momento de ressonâncias e perguntas dos participantes aos palestrantes do dia contou com a participação dos Coordenadores Inspetorias de Comunicação das Inspetorias Maria Auxiliadora e São João Bosco, respectivamente Flávio Medeiros e Igor Gomes.

O intervalo do segundo dia foi diferenciado. Janaína Lima, Analista de Comunicação da RSB, trouxe muita animação ao ENAC, promovendo a interação dos participantes com sorteios diversos. Entre os brindes, foram sorteados kits de mochila com caderno, bloco de notas e caneta, além de 5 Funkos de Dom Bosco, item exclusivo e colecionável que energizou o momento do evento.

Na conclusão do II ENAC, além dos agradecimentos aos palestrantes, participantes e equipes, a Coordenadora Nacional de Comunicação da RSB, Ir. Maike, fez um breve paralelo entre o documento “Rumo à presença plena”, do Dicastério da Comunicação do Vaticano, e o “Manifesto às Juventudes”, da RSB. Ambos os documentos salientam que “os jovens pedem para ser encontrados onde estão, inclusive nas redes sociais”, e que é preciso “compreender os jovens a partir do lugar onde se encontram e querem ser encontrados”.

Os participantes do ENAC se despediram com um convite-desafio: “habitar as redes sociais salesianamente, passando do sonho à realidade sem deixar de sonhar: sonhar e trabalhar pelo presente e pelo futuro das crianças, adolescentes e jovens que diariamente atravessam os portões e as portas [...] de nossas presenças”, disse Ir. Maike.

A realização do II Encontro Nacional de Comunicação (ENAC) contou com o trabalho em rede das equipes salesianas do Brasil, o apoio e organização do Centro Salesiano de Formação (CSF), tendo a Coordenadora Executiva da RSB, Maria Dantas, à frente das ações, em conjunto com a Gestora de Eventos Formativos da RSB, Ana Paula Costa e Silva.

  

Fotos: Divulgação

Mais Recentes

Editora Edebê é patrocinadora do Selo ODS Educação

A Editora Edebê, comprometida com a transformação social e a educação de qualidade, se tornou a patrocinadora nacional do Selo ODS Educação 2024-2025. Esta é uma iniciativa que busca reconhecer e estimular práticas sustentáveis nas instituições de ensino, alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente o ODS-4: Educação de Qualidade. O PAPEL DA EDITORA EDEBÊ Conhecida por seu compromisso com a educação de qualidade, a Edebê vê no Selo ODS Educação uma oportunidade de potencializar sua missão. Ao patrocinar esta iniciativa, a Editora reafirma seu compromisso com a transformação social por meio da educação que é a base para o desenvolvimento sustentável e a construção de um futuro melhor. O patrocínio da Edebê é um passo significativo para a promoção dos ODS na educação. Através desta parceria, espera-se que mais instituições de ensino sejam motivadas a adotar e implementar práticas que contribuam para a Agenda 2030, criando um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. A IMPORTÂNCIA DO SELO ODS EDUCAÇÃO O Selo ODS Educação visa reconhecer iniciativas que contribuem com os ODS, estimulando a participação das instituições de ensino nas metas da Agenda 2030. Utilizando uma tecnologia social de reconhecimento, o selo destaca boas práticas e soluções das instituições participantes, engajando a comunidade acadêmica na criação de práticas sustentáveis para um mundo mais justo e inclusivo. O PROPÓSITO DO SELO ODS EDUCAÇÃO A iniciativa do Selo ODS Educação é parte da estratégia de implementação da Agenda 2030 no Brasil. Ela visa a internalização dos objetivos globais e sua aplicação nas diversas localidades brasileiras, por meio de um programa de reconhecimento que busca ativar a capacidade transformadora das instituições de ensino. Ao incorporar os ODS e outros índices de desenvolvimento em suas ações de gestão, ensino, pesquisa e extensão, essas instituições podem desempenhar um papel crucial na promoção de um desenvolvimento sustentável. Saiba mais em: www.seloods.org. Fonte: Editora Edebê

Festival Global de Cinema Juvenil Dom Bosco 2024

Festival faz convite aos jovens para a construção conjunta de um futuro mais verde e sustentável

RSB no Webinar de Comunicação da UISG

Evento aborda o tema “Comunicação e Sinodalidade: Reflexões e práticas para uma Igreja em diálogo”

Receba as novidades no seu e-mail

O futuro que você merece
O futuro que você merece

Siga a RSB nas redes sociais:

2024 © Rede Salesiana Brasil